Cemig vê recuperação da carga em 2020

Estatal mineira já vê crescimento de até 28% no consumo de energia incentivada quando comparado ao mês de abril, quando reportou os menores volumes demandados